sexta-feira, 26 de outubro de 2012

NO PALPITAR DA ALMA


É à noite
Aqui
No palpitar da alma
Que rompe o silêncio
Que me leva a ti…

E eu sento-me
No degrau da rua
Ao frio
Não há rasto da lua
Choro e rio
Invento-te e invento-me…

Na memória
Fica para sempre a história
De quem fomos um dia
Da mágica melodia
Que construímos no mar
Naquela madrugada
Em que o vento teimava em soprar
E a tempestade ficou adiada
Ao sentir que tudo o que queríamos era só amar…

Esta noite ama-me com carinho
Com aquele jeitinho
Em cada afago…
Não rompas o silêncio
Que trago
No palpitar da minh’alma…

24.10.11

2 comentários:

  1. Está fantástico Jéssica!
    Simples, bonito, fez-me relembrar muitas coisas!
    Continua a presentear-nos com estas maravilhas!
    Beijinho grande!

    Skeptical-five

    ResponderEliminar
  2. Muito interessante o Blog !
    Muito difícil encontrar na “ blogosfera “ espaços originais e bacanas como este !
    Deixo aqui meu espaço, caso queria dar uma olhada, seguir...

    http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...