quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

FELIZ ANO NOVO






Que 2015 traga ainda mais coragem para acreditarmos e lutarmos para 

alcançarmos os nossos objetivos e arriscarmos ser felizes.

Que o cabaz da saúde, do amor, da paz e do sucesso polvilhe a ementa dos 

nossos dias. 


Hoje é tempo de saborear o último dia do ano, agradecer e arrumar as 

melhores coisas, na gaveta do coração... e SORRIR ao novo ano.



PRÓSPERO 2015! :) **



Aos leitores que permanecem, o meu AGRADECIMENTO SINCERO por me 

acompanharem mais um ano! :)


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

MENSAGEM DE FELIZ NATAL




A mensagem de Natal que quero deixar baseia-se essencialmente no valor dos afetos do carinho, da amizade e do amor. 


Não ofereçam presentes para camuflar ausências ao longo do ano, sejam sim,
PRESENÇA na vida das pessoas que mais estimam, durante todo o ano. 

Ofereçam sorrisos de lábios e olhos rasgados, estendam a mão aos outros e, colham 
assim, os melhores doces desta quadra natalícia.

Façam(os) desta data, um laço sincero, no calor de uma casa de afetos.



VOTOS DE FELIZ NATAL! 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

CONTO DE NATAL: O NATAL PERFEITO DO MENINO SORTUDO






Miguel era um menino de seis anos, com a simplicidade desenhada no olhar.

Aproximava-se uma data muito ansiada tanto por ele, como por todas as crianças espalhadas pelo

mundo.

Sentia-se um menino diferente. E na verdade, era-o. Não só por lhe ter sido diagnosticada Síndrome 

de Down mas, pela sua personalidade sensível e singular.

Neste Natal, queria atrair para o seu pensamento, com muita força, o que mais desejava e tinha um 

pedido muito especial para fazer ao Pai Natal. A mais ninguém revelou o seu desejo, nem aos seus 

pais, que o questionaram vezes sem conta, acerca da sua prenda natalícia. Negava sempre querer 

alguma coisa pois, sabia das dificuldades económicas que atravessavam e, que o mais importante, o 

dinheiro não podia comprar: os afectos!


No dia de consoada, nada do que havia pedido faltava em seu redor: a família estava toda reunida e 

nem os filhós caseiros – que tanto adorava – feitos pela avó materna, faltavam naquela mesa 

apaziguadora, repleta de união e carinho. 

Eis que, quando tocaram as doze badaladas e foi altura de abrir os presentes, a árvore de Natal 

enfeitada a rigor e cheia de brilho, tinha uma prenda. O menino sortudo foi surpreendido pelos pais, 

que lhe ofereceram um álbum de fotografias de família, legendadas uma por uma, com sentimentos 

positivos da ocasião. Deu-lhes dois beijinhos e levou-os pelas mãos, para o sofá junto à lareira, para 

que pudesse folhear cada momento com eles. Sentou-se ao colo da mãe, colocou o álbum sobre o 

peito esquerdo e sorriu, agradecendo.

Minutos depois, adormecera assim, FELIZ!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

BRILHO PRÓPRIO















Acenas aos sorrisos que te alcançam o âmago.

P
reenches o teu caderno de desejos
O
rnamentados com coroas de mel
E
strelas com brilho próprio, beijos
S
aboreados numa acalmia sem fel
I
ntimidade que expões livre de culpa   
A
alguém

Q
ue toma as tuas mãos como suas.
U
ntas os olhos com pedaços de luas
E
especiarias adocicadas que te querem bem

H
ábeis diálogos
Á
tomos que se cruzam

E
m simbiose
M
ais-que-perfeita

T
u és a dádiva da
I
nusitada colheita.




(Poema no âmbito da Participação no Concurso de Poesia APPACDM Setúbal - Tema: "A Poesia que há em ti" - Novembro 2014)

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

FONTE PRENHE DE LOUCURA (NO TAPETE DO QUARTO)





A nudez encolhida e abraçada


Pelo suco dos lábios apetecíveis

Uma flauta de cor dedilhada

Em suspiros de combustíveis



Os joelhos no tapete do quarto


As mãos moldadas à cintura

Hálito suado em tom de parto

Beijos prenhes de loucura


O ritmo cego e alucinante

O cheiro a sexo voraz

O vibrar da pele dormente

Que nunca se satisfaz






21.11.14

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

FESTIVAL 6 CONTINENTES - FIGUEIRA DA FOZ - 6 DEZEMBRO 2014 - O MAIOR EVENTO CULTURAL DE TODA A LUSOFONIA







No próximo sábado, dia 6 de Dezembro, marcarei presença no Festival 6 Continentes na Figueira da Foz, no Pavilhão Multiusos (Parque de Estacionamento da Avenida de Espanha).


A sessão de apresentação do meu livro  está agendada para as 12h.


CONVIDO TODOS OS INTERESSADOS A ESTAREM PRESENTES NESTE DIA recheado de literatura, música, dança, cinema, pintura, fotografia, artesanato, gastronomia, entre outras actividades... COM ENTRADA LIVRE!


Agradeço, desde já, o convite por parte da organização e felicito a iniciativa!

"O Festival 6 Continentes - O Festival será o primeiro a envolver activamente vários Países e Comunidades de Língua Portuguesa em Simultâneo tendo cobertura mundial por parte da comunicação social internacional, nacional, local e transmitido para todo o mundo via TV e internet.

Os representantes oficiais na Figueira da Foz deste festival são a Sociedade Instrução Tavaredense Sit e João Pereira." 


Saiba mais aqui na página do festival no facebook:
facebook.com/Festival6ContinentesFigueiradaFoz

domingo, 23 de novembro de 2014

O ABOTOAR DOS SENTIDOS (MENÇÃO HONROSA NO XIX CONCURSO DE POESIA APPACDM SETÚBAL - NOVEMBRO 2014)






A magia das palavras

Transborda do poema dos teus olhos

E a certeza é leve

Floco de pureza

Hálito de sonhos macios

Em passos temperados

De (a)braços d’esperança…



Há no teu paladar

Beijos que (te) sabem pela vida

Mãos enlaçadas que elevam pontes

Em asas que ensaiam voos de mestre

Na crença da eternidade

Escutam-se hinos de glória e aplausos…



Abotoas os sentidos

Respiras
o teu perfume

Botão de rosa a botão de rosa

Invades as ruas com o sorriso rasgado

E segues de passada firme

Com a simplicidade irresistível

De pertenceres a ti mesmo.




Pseudónimo: Crepúsculo d’esperança



MENÇÃO HONROSA NO XIX CONCURSO DE POESIA APPACDM SETÚBAL 2014





segunda-feira, 10 de novembro de 2014

NA GAVETA DOS MEUS OLHOS





Há um silêncio guardado 
Na gaveta dos meus olhos
Há um dilema rasgado
E rosas, rosas aos molhos!

Pulsa o peito a tod’o vapor
Embarca na viagem d’ida
Nas asas dum doce condor
Sem julgar a despedida!


Há um lugar partilhado
Na gaveta dos meus olhos
Há um fogo endiabrado
E rosas, rosas aos molhos!

Pulsa o grito d’ave em flor
De quem colhe o licor da vida
Ensaiou o cântico do amor
E agora já não tem saída!

Há um céu emoldurado
Na gaveta dos meus olhos
Há um mar enfeitiçado
E rosas, rosas aos molhos!


Há um abraço magoado

Por não te dar o melhor de mim

Há um confronto adiado 

Sempre qu’escrevo p’ra ti.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

PARTICIPAÇÃO NO LIVRO DE MICROLITERATURA "CURTAS POÉTICAS DO AMOR"











Partilho as minhas participações
(Páginas 41-43):

No amor
O sabor
Do meu sorriso
Tem de rimar
Com o brilho do teu olhar!
- Não tentes! Não é preciso...
Não vais conseguir disfarçar.

------------------------------------------------------

Dei contigo ave em repouso no nosso ninho
Nó(s) genuíno do pensamento
Ao pôr-do-sol bebi teus olhos de linho
Cedi o sorriso ao enamoramento!

------------------------------------------------

Que dizer(-te)
Se a maior beleza
Está nos 
teus olhos 
Contemplando os meus...

É este (a)mar que nos move




Página da "Microliteratura" (Literatura em 140 caracteres) no Facebook:
https://www.facebook.com/Microliteratura

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

DUETO DINIS MUACHO E JESSICA NEVES - DE MANSINHO























De mansinho
Alvitrei a paixão em teus lábios
Ascendi devagarinho
Ao teu peito de aromas sábios
Onde mora o céu árabe
Azul-vermelho da tua pele
Onde cada certeza cabe
Poro a poro, pitada de mel
Na descoberta dum novo alvor
Ao rasgar do teu toque denso
No desconcerto dum forte amor
Ao levitar de jeito intenso
Nas curvas de mulher do mundo
Que seduz o caminheiro errante
Nos olhos de homem sortudo
Que reluz como diamante
Que te beija os seios duros
Na certeza da manhã mansa
Que derruba os teus muros
Na madrugada que não descansa
Assim te amo, sem pudores
No cetim da cama airosa
Nas asas dum condor
Te desfolho, minha rosa.



23.10.14



Visite e acompanhe a página do autor no facebook:
facebook.com/DinisMuacho

domingo, 12 de outubro de 2014

ENTREVISTA NA RÁDIO UNIVERSIDADE DE COIMBRA (RUC 107.9 FM) - 13 DE OUTUBRO - DAS 20H ÀS 21H

Amanhã, pelas 20h estarei em Direto, no Programa "Singularidades" da RUC, à conversa com Vitor Silva e Vasco Espinhal Otero! 

Será uma conversa descontraída entre a paixão pela Escrita e a paixão pelo Futsal  

Estão todos convidados a escutar a entrevista! Sintonizem 107.9... ou ouçam online através do Site da RUC, no quadro vermelho à direita, onde diz "Emissão online": http://www.ruc.pt/






segunda-feira, 6 de outubro de 2014

POEMA DE DESPEDIDA




A noite está mais noite que nunca.


O lençol que envolve o meu corpo
Arrepia-se com a ausência
Que a tua boca deixou em todo
Este calafrio a que chamei demência…




Não há mais luares
E foste tu
Quem espalhou essa notícia.


Não há mais jantares
A Nu
Com aquele sabor a malícia.


Hoje estão pobres as minhas mãos
Todas as estrelas ludibriaram o céu
Não sei de que é feito o coração
Roubaste-m’a roupa, deixaste-me ao léu!

15.09.14

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

RÁDIO VIZELA JORNAL - 18 SETEMBRO

Hora da Poesia regressa com presença da escritora Jessica Neves
Depois de um interregno para férias, regressou a 10 de setembro mais uma temporada da Hora da Poesia da Rádio Vizela que é transmitida semanalmente à quarta-feira, entre as 21h00 e as 22h00, e tem como autora Conceição Lima. O regresso acabou por ficar marcado pela presença em estúdio de Jessica Alexandra Raimundo Neves. Com 20 anos, há já quem defenda que a jovem não é uma promessa mas antes uma certeza na literatura portuguesa. Natural de Coimbra, descobriu o gosto pela poesia aos 17 anos, mas já tem um livro publicado - "(Sem) Papel e Caneta, (Com) Alma e Coração" - da Chiado Editora e várias participações em antologias de poesia, como a "Audaz Fantasia" da UniVersus ou "Entre o sono e o sonho" também da Chiado Editora. Já ganhou também alguns concursos de poesia e o seu trabalho pode ser acompanhado através do bloguehttp://sempapelecanetacomalmaecoracao.blogspot.com. Jessica Neves viajou desde Coimbra propositadamente para participar na Hora da Poesia.
Dizer ainda que, nesta altura, iniciam-se também os preparativos para o 3º aniversário do programa e que está marcado para a noite de 25 de outubro. Promete!








sexta-feira, 26 de setembro de 2014

LIVROS "(SEM) PAPEL E CANETA, (COM) ALMA E CORAÇÃO" NO "MERCADINHO PORTUGUÊS", NO FOZ PLAZA, FIGUEIRA DA FOZ





A próxima paragem de "Jessica Neves - Sem Papel e Caneta, Com Alma e Coração", está marcada para amanhã, dia 27 de Setembro, no "Mercadinho Português", que se realizará no Foz Plaza, na Figueira da Foz, das 10 às 23h

Faça(-me) uma visita! :)

terça-feira, 16 de setembro de 2014

FESTA DE SÃO MATEUS SOURE - 18 A 22 DE SETEMBRO - FATACIS 2014



De 18 a 22 de Setembro, estarei com os meus livros na Festa de São Mateus, em Soure – Fatacis 2014. Podem encontrar-me junto à zona do Artesanato (assinalada a vermelho na imagem).

Convido todos os interessados, a fazerem-me uma visita e a adquirir o seu exemplar do meu livro 
 

Será um gosto receber-vos!

Para quem não puder comparecer e quiser adquirir o livro, é só enviar um e-mail para:
jeneves17@gmail.com


OBRIGADA! :)

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

SOBERANIA



Estou à tua espera nos lençóis 
Pronta a ser desembrulhada
A noite suplica prazer a dois
A lua por nós foi roubada…

A soberania do teu beijo
Decompõe-me em devaneios
Plena de submissão no ensejo
Em que a tua boca me devora os seios…

A descida ao abismo
O fervilhar dos corpos (n)um todo
Insano romantismo
Faz-me querer-te de qualquer modo…

A partilha dos segredos
As voltas (às) cegas na cama
O suor entranhado nos dedos
A vontade de ter - perto - quem se ama!





18.07.14

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

ENTREVISTA HORA DA POESIA

Para todos aqueles que queiram partilhar comigo mais um bonito momento da minha curta vida poética! Deixo-vos o link para que possam aceder à entrevista de ontem com Conceição Lima na Rádio Vizela, numa "Hora da poesia" muito bem passada  


Um relato sentido sem papel e caneta, com muita alma e que, fala ao coração
 


http://www.mixcloud.com/widget/iframe/?feed=http%3A%2F%2Fwww.mixcloud.com%2FRadiovizela%2Fa-hora-da-poesia-10092014%2F&embed_uuid=068991a9-4bc0-4f9b-8f39-c7d9a5b0d49e&replace=0&hide_cover=1&embed_type=widget_standard



                                                          Jessica Neves com Conceição Lima


segunda-feira, 8 de setembro de 2014

PROGRAMA "HORA DA POESIA" - RÁDIO VIZELA 97.20 - 10 DE SETEMBRO

No próximo dia 10 de Setembro (quarta-feira), pelas 21h, estarei na Rádio Vizela, no programa "Hora da Poesia",
à conversa com Conceição Lima.

Falaremos do meu livro e da minha poesia!

Estão todos convidados a ouvir a entrevista!
Sintonizem 97.20 :)





terça-feira, 2 de setembro de 2014

LICOR






                                         Podem acompanhar-me também no facebook em: 

                             https://www.facebook.com/sempapelecanetacomalmaecorac
ao

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

ACASOS
























Não (me) fales no amanhã.

As certezas são acasos
Vontades
E rotinas criminais
Que nos apunhalam
A olho nu.

Bebedeiras sem sentido
Provenientes de sonhos rotos
Mil e uma insónias
Adormecer contigo do meu lado
E acordar despida… de tudo.

(Ontem falávamos
De como era ternurento
Contemplar o luar de mãos dadas
Levaste o teu caderno de desejos
Rasgámos um por um
E sorrimos…)

- O momento desvaneceu
Com a força da brisa -

São os laços
De hoje
Que quero eternizar contigo.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O NOSSO AMOR É UM CIGARRO






Há melodias inesquecíveis.


Há cicatrizes no meu corpo.


Talvez o cigarro que fumo

Enquanto (te) escrevo esta carta

Diga tudo sobre nós.


Quando me leres

Nada mais haverá


Mácula ou salvação

Estes versos não terão enlevo

Não irás escutar a nossa canção

Nem o sussurro da minha voz.





19.07.14

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

AO FOLHEAR O LIVRO DOS TEUS OLHOS






Quando choras
A tua cabeça tomba no meu peito
A tempestade envolve o mar
E os braços erguem-se 
Em uníssono
Ao encontro da claridade…


A meio da noite
Um abalo invade a terra
Sacode as poeiras
E há uma certeza
Ao folhear o livro 
Dos teus olhos
O interior das rosas
É a salvação.


- Superamos a dureza das pedras
Somos maiores que os Deuses -



26.07.14

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

PÓ DOS SONHOS






A mágoa de escrever de dia

Assombra as minhas noites

Embebeda de pó o lençol

Carcomido dos sonhos…




Tu apareces 

No meio da rua

Quando rasga o sol

- Como quem pede guarida -

A gritar o meu nome.



26.07.14
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...