quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

LOLLIPOP - DUETO TERESA TEIXEIRA E JESSICA NEVES




Hoje apetece-me o mar,
Nuvens com asas de gaivota,
Céu pintado de fresco

E sol de brincar

À cabra-cega.



Apetece-me o arco-íris

Pincelado em tons d'esperança
Alimentando a ingenuidade 

Que trazia nos olhos, em criança!

Quero sentir, dentro de mim, a eternidade

E um jardim (de aromas quentes)... 

Plantado de amarílis...



Quero o pote de ouro antigo,

Coisas do arco da velha
A lembrar ao coração

Cheiro de maçãs de inverno

Pintadas de carmim

(Que roubei a um por-de-sol)

Por minha mão!

Quero sentir ingénuos risos

Na minha boca gulosa e arrebol...



Sim, quero o mar doce onde me banho,
Castelos de areia e sal, céus irresistíveis,
O presente do passado que não tenho,

Sem futuros obstáculos temíveis...

Quero um reino onde os sonhos são possíveis!...



Hoje apetece-me ser princesa

De outras terras, de outras guerras,
Vestir-me de estrelas e de lua,

Ser o sol que namora a minha rua

Nas tardes em que a brisa cheira a flores...



Esquecer que existem dores!



...



Hoje ordeno que o Amor

Seja uma fonte
E eu a sede a morrer nela...

Quero que a Vida que tenho

Seja uma casa

E eu a menina da janela...



Apetece-me o eco das emoções, 

Como um canto de passarinho novo 

A repetir o que o meu coração diz: 

Em todos os desejos me renovo,

Quero fruir de todas as sensações

E gritar ao mundo que sou 

FELIZ!



OBRIGADA Teresa, uma vez mais...
Pela doçura e cor que deu a (mais) este poema!

Beijinhos no coração ******** :)

1 comentário:

  1. Muito doce, esse lollipop. Um dia, prometo, a vida dar-te-á um arco-íris...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...